quarta-feira, 8 de março de 2017

Dia Internacional da Mulher 2017

A Carta das Nações Unidas, assinada em 1945, foi o primeiro acordo internacional que afirmou o princípio da igualdade entre mulheres e homens. O Dia Internacional da Mulher é comemorado desde 1975. Apesar dos avanços verificados, as mulheres ainda continuam subrepresentadas em muitos setores da sociedade, o que compromete o progresso e o desenvolvimento sustentável. As desigualdades limitam a criatividade e o talento e abafam a inclusão e o pluralismo. E isto não tem só consequências para as mulheres – debilita também o tecido social.
O Dia Internacional da Mulher é uma celebração global das mulheres, de todas as origens. É um chamamento à união; tanto para a reflexão sobre o que já foi conquistado como para fomentar a igualdade de género e o empoderamento de cada menina e de cada mulher. É um dia para celebrar os atos extraordinários de mulheres e também de união, tendo em vista a promoção da igualdade de género em todo o mundo.

“Igualdade também consiste em eliminar o preconceito nos meios de comunicação social e nas representações coletivas, destacando as mulheres cientistas, artistas e políticas que contribuem para o progresso da humanidade em todos os campos.
Mensagem de Irina Bokova, Diretora Geral da Unesco por ocasião do Dia Internacional da Mulher 2017
(Tradução-Biblioteca da EB D. António da Costa. Ver mais no site da Unesco  )

Na Biblioteca da Escola D. António da Costa demos destaque a este dia pela informação produzida e também por  uma pequena mostra de livros sobre o tema das mulheres, de biografias de mulheres que se destacaram na ciência e na arte e também de literatura, de autoras-mulheres. 

Sem comentários:

Publicar um comentário