sábado, 21 de janeiro de 2017

Querido e valente chapim!


Marinha "recruta" pássaro para combater doença

A Marinha Portuguesa está a instalar ninhos artificiais na base do Alfeite para para atrair os chapins, tendo em vista o combate à lagarta do pinheiro.
Esta procura de uma solução ecológica, sem o recurso a pesticidas é muito louvável e deve-nos
interessar especialmente porque a processionária do pinheiro é uma praga que afeta a foresta nacional (pinheiros e cedros) e também as zonas urbanas. A própria lagarta provoca alergias sérias na pele, nos olhos e no aparelho respiratório. Os jovens devem saber que não devem tocar na lagarta.
Já agora, esclarecemos que a designação "processionária" deve-se ao facto de as lagartas se deslocarem umas a seguir às outras, lembrando uma procissão.

Mas voltemos ao nosso amigo chapim! Uma importante personagem da série de livros editados pela Câmara Municipal de Almada, sobre a Mata dos Medos, da autoria de Álvaro Magalhães e ilustração de Cristina Valadas. Aqui fica o dasafio de os descobrir ou voltar a ler!


Sem comentários:

Publicar um comentário